Quanto mais remendo mais pobre me sinto

from by Muros de Pedra

/
  • Streaming + Download

     

about

Cada hombre,cada mujer y cada niño tenía la obligación de consumir un tanto al año para favorecer la industria.El único resultado...
´´Vale más desechar que tener que remendar. Cuanto más remiendo, más pobre me siento``
ALDOUS HUXLEY. UN MUNDO FELIZ.(Ediciones Gernika)

Antes de sair para as compras, Marla ergue a saia com a ponta dos dedos e começa a dançar ao redor de mim e da mesa da cozinha, a bunda girando por baixo da saia. Marla diz que ama essas coisas que as pessoas adoram intensamente, mas logo se livram delas. A árvore de Natal, por exemplo, que é o centro das atenções, mas depois do Natal você vê essas árvores secas ainda com as guirlandas Jogadas nas calçadas. Vê as árvores e lembra do assassinato de animais em estradas ou das vítimas de crime sexual com a calcinha do avesso, barradas com fita isolante.
CHUCK PALAHNIUK. O CLUBE DA LUTA.

lyrics

Consume, consume é a sua doutrina./Consume, consume é a lei suprema./Sucedãneos de emoçons nos artigos do comércio./Felizidade efimera a da obsolescencia programada./Quanto mais remendo mais pobre me sinto./Quanto mais remendo mais pobre me sinto./Massa domesticada que se ve refletida,/no ócio lúdico do aburrimento,no ocio lúdico aburrimento./Quanto mais remendo mais pobre me sinto./Quanto mais remendo mais pobre me sinto./Fetichistas do consumo./Fetichistas do consumo./Quanto mais remendo mais pobre me sinto./Quanto mais remendo mais pobre me sinto.

credits

from Aturuxos de xenreira, released January 7, 2017

tags

license

about

Muros de pedra Cambre, Spain

Muros de pedra é um coletivo anti-musical F.T.M (Faz ti mesmo), que com seu murmulho arrastado polo vento maneiro suma-se aos milheiros de vocês proclamadas em rebeldia causantes do ensurdecedor aturuxo de xenreira.
Retumba o seu forte eco em lares tam remotos como Sigras e o vale de Loureda.
... more

contact / help

Contact Muros de pedra

Streaming and
Download help